30 de jul de 2009

Ensopado, mas vivo!

Sobrevivendo a mais uma semana, chuvas incessantes e gripe porcina.


Se chover mais vou começar a trabalhar de canoa !!!

Desde o começo da semana só chove quando eu não tenho escapatória, pois quando o guarda chuva está na mão não cai uma gota.


E pegando trem/metro/onibus/bicicleta/balsa pra trabalhar ainda tenho que me deparar com pessoas neuróticas usando máscaras de cirurgião pra se proteger da gripe.

Alôuuu gente!!!!! Esse pedacinho de pano não vai salvar a sua vida, parem de ser ridículos !!!!



Se bem que conversando hoje com meus colegas, vimos uma excelente utilidade dessas máscaras:

Imagine você caro leitor proletário cidadão de uma metrópole hiperpopulosa, indo trabalhar de transporte coletivo, apertado, de cara no sovaco de outro cidadão. está cansado dessa situação ??

Seus problemas acabaram!



Usando essa simples máscara e um pouco de atuação, voce pode ter seu espaço pessoal de volta !
Basta usar a máscara, e de vez em quando dar uns espirros, fingir uma febre, e pronto, você já terá seu metro quadrado privativo em qualquer ônibus ou trem!!!

Tem coisas que só a paranóia coletiva faz por você!



OK, deixa eu ir logo. Beijos mascarados para vocês!

19 de jul de 2009

Weekend Update - I


(without Tina Fey, Amy Poehler ou Seth Meyers)



Depois de discussões, algumas brigas, orações e uma conversa séria, a paz está voltando ao meu relacionamento, thank God!!

----

Meu pai finalmente vai renovar a carteirinha do SESC, vou poder começar a nadar de noite, depois do trabalho.

----

Minha mãe comprou uma garrafa de Smirnoff Ice e dividiu comigo!!! Ela nunca dividiu, nem ofereceu nenhum tipo de bebida alcoólica a mim.

Sim mamãe, seu filhinho tá crescido, que bom que já entendeu, hehehe!

----

Finalmente consegui comprar uma mochila decente onde possa levar o notebook, e que eu pudesse pagar um peço de acordo com a minha realidade. Vamos ver se essa consegue durar mais de um ano...

----

Nada de muito extraordinário, mas eu precisava postar algo.

17 de jul de 2009

Me escute

To numa fase ruim gente, desculpe pelos próximos posts meio sem sentido.

---

U2 - Sometimes you can't make it on your own
(As vezes você não pode fazer isso sozinho)

Tough, you think you've got the stuff
You're telling me and anyone
You're hard enough

You don't have to put up a fight
You don't have to always be right
Let me take some of the punches
For you tonight

Listen to me now
I need to let you know
You don't have to go it alone


And it's you when I look in the mirror
And it's you when I pick up the phone
Sometimes you can't make it on your own

We fight all the time
You and I... that's alright
We're the same soul
I don't need... I don't need to hear you say
That if we weren't so alike
You'd like me a whole lot more

Listen to me now
I need to let you know
You don't have to go it alone

And it's you when I look in the mirror
And it's you when I pick up the phone
Sometimes you can't make it on your own

I know that we don't talk
I'm sick of it all
Can you hear me when I sing
You're the reason I sing
You're the reason why the opera is in me...

Where are we now?
I've got to let you know
A house still doesn't make a home
Don't leave me here alone...

And it's you when I look in the mirror
And it's you that makes it hard to let go
Sometimes you can't make it on your own
Sometimes you can't make it
The best you can do is to fake it
Sometimes you can't make it on your own


-----------------------------------

Partes destacadas em português:


Me ouça agora
Preciso que você saiba
Você não tem que suportar isso sozinho


As vezes você não pode fazer isso sozinho
As vezes você não pode fazer isso
O melhor que você pode fazer é fingir
As vezes você não pode fazer isso sozinho
------------------

Eu estou aqui, por favor, não se esqueça.

16 de jul de 2009

Carência sucks

É chato quando você descobre em si algo que não gosta.

Tenho confirmado esses dias que eu sou carente por demais, o que é uma merda.
Posso estar puto com meu namorado, mas alguns dias sem estar com ele já me fazem esquecer tudo quando o reencontro.

Isso me impede de falar de coisas importantes, que vão acumulando e podem ter um efeito muito ruim depois.

E uma dúvida tem me incomodado esses dias: como saber equilibrar a vontade dos dois?


Desde o começo, e agora por problemas recentes, eu tenho feito quase sempre o que ele quer, no caso de sair, e atividades em geral, e a minha vontade fica de lado.
Como equilibrar isso, e como dizer isso sem soar rude ou ingrato de certa forma, é uma grande dúvida minha, com certeza o grande desafio para se viver a dois.

Eu quero te ajudar, mas você precisa deixar.
Não sou só eu, nem só você, somos nós.

9 de jul de 2009

Lua


Desde que me entendo por gente, eu sempre fui apaixonado pela lua.
Aquele círculo brilhante que vejo nas noites claras, que ilumina com uma luz fria e bela.

Adoro ver como ainda de manhã, com o sol já nascendo ela ainda continua ali, às vezes visível, no bastidor, espiando o espetáculo do sol, e humildemente tomando o seu lugar ao cair da noite.

Digo humildemente pois sabe que não possui luz própria, mas consegue refletir a luz que ainda recebe do sol de maneira esplêndida.

Como ela vai aos poucos se escondendo por trás da terra, minguando, e depois ressurgindo, até ficar completa, cheia.


Eu fico besta de ver a lua cheia. Apesar de morar cercado por prédios e casas coladas, uma fresta de luar consegue entrar no meu quarto de vez em quando.

Só de ver a luz sobre a minha cama já me estico e torço o pescoço na janela para vê-la.
E logo depois desço correndo para o quintal, querendo sentir toda aquela luz.
E me coloco a gastar alguns minutos ali, admirando.


Algumas músicas inspiradas pela bela lua:
  • Blue Moon
  • A lua que eu te dei
  • Hoje a noite não tem luar
  • Fly me to the moon
  • Lua de cristal (heheh, quem nunca ouviu?)

6 de jul de 2009

Eu trabalho, e você?

"Se você não trabalha então não me atrapalha!"

Deveria fazer uma camiseta com essa frase pra ver se algumas pessoas conseguem se tocar nessa vida...

É incrivel, quando você mais quer/precisa trabalhar, quando você mais trabalha, sempre tem um folgado no mesmo setor, que não faz nada, acha que sabe tudo e só fica pentelhando, dizendo o que tem que ser feito, te corrigindo(atrapalhando).

E o desgraçado ainda leva o mérito junto com você.

Hoje eu me estressei e na terceira vez que um desses veio me amolar, dizendo como fazer meu serviço melhor, sem nem saber o que estava sendo feito, já mandei em alto e bom som:
"Cala a boca e faz! Se não faz, sai daqui!"

Eu fico puto !!!

Mais umas duas horas e ficariam alguns corpos caídos por ali...

3 de jul de 2009

Tento entender


Entre ontem e hoje aconteceu muita coisa na minha vida, ou melhor, uma coisa, que vale por muitas, tamanha é a complexidade de entender o porque.

Provavelmente foi a coisa que mais me fez refletir nos ultimos tempos, que me fez derramar algumas lágrimas, coisa que há meses não fazia.

Uma pessoa muito próxima de mim quase deixou esse mundo.

Eu ainda estou tentando entender, se é que um dia conseguirei, o que leva uma pessoa a ingerir 15 cápsulas de calmante, sem nenhum motivo aparente. Alguém com quem poucos dias antes passei ótimos momentos, rindo, divertindo.

Falei com ele ontem, me pareceu estranho, um pouco quieto demais.

- Só liguei pra dizer que eu te amo. - me disse.

Mais tarde eu liguei pra desejar boa noite, e praticamente disse apenas: "Ok, boa noite".

No dia seguinte ligo de tarde. Estava no hospital, tomando soro pra diluir o remédio.
E tratava do assunto como se tivesse sido apenas um porre de bebida.


É algo que ainda me deixa chocado. Dá pra entender ?


update:

Somente agora a noite eu consegui chorar de verdade e extravasar, colocar alguns pensamentos no lugar. Ainda não entendo, e acredito que não vou entender, mas agora é preciso focar em ajuda-lo de todas as formas que conseguir, torcendo e pedindo a Deus.


update II:

Depois de muitas lagrimas e choro contido, hoje recebi a ligação. Ele já está bem, em casa. Vamos ter que conversar serio sobre isso, mas não imediatamente.